segunda-feira, 30 de abril de 2007

e por breves momentos... alheamo-nos das coisas


Vou poupar nas palavras, porque este momento é suficientemente intenso para... entender.