quarta-feira, 26 de novembro de 2008

quando for grande, gostava de ser...

Quando eu era pequenino, havia um amigo da família que era camionista.
E eu que pouco conhecia para além das fronteiras da minha terra, imaginava aquelas longas viagens de que o meu vizinho falava. Por isso, quando eu era pequenino, cheguei a ter o sonho de ser camionista, para poder “queimar” quilómetros sem fim, conhecer gentes de outros lugares e conhecer-lhes os costumes.
Hoje não tenho propriamente um camião, mas à quantidade de quilómetros que faço por ano, quase que me posso sentir um camionista. Daqueles que usa placa no vidro da frente com a alcunha! Ou em último caso, como este exemplo que vos deixo hoje na Janela.
Haja imaginação.
Crédito Foto: MOD